terça-feira, 25 de maio de 2010

Coxas de Frango com Ervas

Não costumo fazer carne – uma porque não gosto de carne vermelha, e outra porque tem que limpar. Mas frango eu até encaro, e essa foi uma das minhas poucas tentativas de frango que não seja em filé grelhado! Pode parecer complicado, mas é muito simples pra um frango assado. É um pouco demorado por ter que temperar e por ir no forno, mas os passos são bem fáceis de seguir.

Você vai precisar de:

2 colheres cheias de margarina derretida

O proporcional em azeite

10 coxas de frango

1 dente de alho

Sal

Ervas – sugestões: 2 col. De sopa de salsinha; 2 col. De sopa de cebolinha; 1 col. Chá de manjericão seco; 1 col. De sopa de alecrim fresco; 1 col. De chá de orégano seco, etc. É importante que tenha muitas ervas, pois é isso que vai dar sabor à carne.

Como preparar:

As coxas

Limpe o frango (ou seja, tire as peles e gordurinhas extras). Tempere somente com sal, pimenta do reino em pó e shoyu ou molho inglês (pra dar uma corzinha). Deixe descansar o máximo de tempo possível – eu deixei umas 2 horas, mas não precisa tanto.

O “molho”

Misture a margarina derretida com o azeite, na proporção de 1:1, ou uma parte de margarina derretida e uma parte de azeite. Pique as ervas frescas – dica: com uma tesoura, vc controla melhor o tamanho dos pedaços. Amasse o dente de alho, adicione sal a gosto, misture tudo e reserve. Se quando for usar essa mistura ela estiver mais encorpada, é só colocar no microondas por uns 20 segundos e ela ficará liquida de novo.


As coxas no molho

Pincele um pouco da margarina temperada no fundo de um refratário – use um pincel culinário.

Acomode as coxas no refratário e pincele com a margarina reservada. Eu optei por salpicar um pouco de gergelim por cima da margarina antes de colocar no forno.


Leve ao forno pré-aquecido em temperatura média/baixa, coberto com papel alumínio, pois assim o frango cozinhará. Depois de meia hora, retire para virar as coxas, pincele o resto da margarina e caso queira, salpique mais gergelim. Volte ao forno, aumente a temperatura, e dessa vez sem o papel alumínio. Deixe por mais meia hora – ou até perceber que o frango está douradinho – e pronto!



Nenhum comentário:

Postar um comentário