segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Abobrinha "gratinada" sem forno

Pronta em menos de 20 minutos e perfeita para uma refeição apressada!
A receita é totalmente adaptável, e a abobrinha é só uma sugestão. Você pode fazer com vagem, ervilhas frescas, chuchu, batata, berinjela, brócolis - o que quiser - contanto que você cozinhe todos os vegetais separadamente no vapor. É importante pra essa receita apenas manter a natureza do leite (que sendo de aveia engrossa bem mais rápido) e a etapa de grelhar a abobrinha (ou outro vegetal à sua escolha). Os opcionais são realmente opcionais, e sem eles a receita é vegan. Como eu não sou vegan e sou gorda, fiz questão de colocá-los pra ficar mais gostoso =)

O "fundinho"

Você vai precisar de:
1 abobrinha média
1 xícara (chá) de leite de aveia (pode ser com resíduo)
1 dente de alho amassado
1 colher (sopa) de margarina vegetal
1 colher (chá) de amido de milho
1 colher (sopa) cheia de requeijão cremoso (opcional)
1 colher (sopa) de creme de leite (opcional)
Queijo parmesão ralado (opcional)
Sal e pimenta do reino a gosto

Como proceder:
Lave a abobrinha, corte as extremidades e fatie em rodelas não muito finas.
Coloque-as dentro de um saquinho plástico de congelar alimentos e faça todo o procedimento para cozinhar no vapor no microondas - utilize 2 minutos.
Assim que tirar as abobrinhas do microondas, leve-as a um grill aquecido. Doure de um lado, vire-as, e doure de outro. Desligue o grill e reserve.
Numa frigideira funda, aqueça a margarina até derreter, adicione o amido de milho (que pode ser farinha de trigo, se você tiver. Eu coloquei amido porque não tinha farinha xP), misture fazendo uma pastinha. Coloque a pimenta nesta hora, para que ela libere bem seu aroma.
Adicione o alho e frite-o até dourar. Se precisar, adicione um pouco mais de margarina ou azeite.
Coloque o leite de aveia, misture bem até dissolver, e, no fogo baixo, mexa sem parar até engrossar (o que deve levar uns 5 minutos).
Desligue o fogo, adicione sal a gosto, e se quiser, o requeijão e o creme de leite. Misture bem.
Para montar, é só colocar as abobrinhas em um refratário pequeno (usei um de 15x15cm) untado com óleo, colocando uma camada de abobrinha, uma de molho e ir alternando.
Para finalizar, você pode salpicar o molho da última camada com orégano ou queijo ralado.
É claro que se você preferir, pode levar tudo ao forno para dar uma reaquecida ou dourada, mas isso nem é necessário. A abobrinha, estando grelhada, já deixa aquele gostinho de "forno" e dá pra enganar bem!

Rendimento: duas porções.

2 comentários:

  1. Bom dia Priscila,
    É uma ótima sugestão de preparar abobrinha ou outros, sendo uma receita que permite muitas adaptações, gostei.
    Beijo, boa semana,
    Vânia

    ResponderExcluir
  2. Olá! Espero que você me perdoe por vim aqui no seu blog e falar de uma coisa meio que nada a ver.
    É que eu estou feito louca procurando na internet, e achei o blog da sua amiga e um comentário seu: http://hairmodification.blogspot.com.br/2009/01/tingindo-com-violeta-genciana.html de 2009, ou seja, bem antigo.
    Eu quero pintar o meu cabelo de roxo com VG, e ele está vermelho agora. Já fiz isso antes e pinto o cabelo desde os meus 16 aninhos. rs Mas a última vez que me lembro que fiz isso, o cabelo ficou um castanho, marrom muito feio e estranho, mas nada de roxo muito menos vermelho. Eu quero fazer agora sem ter que fazer soap cap... mas acho que vai acabar sendo preciso, pela dúvida. Agradeço se puder me ajudar e desculpa mesmo vir aqui, é que esse tá mais atualizado.

    Beijos, Tay.
    (facebook.com/disturbs)

    ResponderExcluir