terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Histórias de Improviso: Sopa de Salada

Que eu costumo improvisar comida com frequência é meio óbvio, mas acontece que muitas  vezes (a maioria delas), a coisa é tão improvisada que nem dá pra tirar uma receita. Dá mais pra contar uma história emocionante sobre a comida que saiu no final.
Pensando nisso, e na sopa que acabei de tomar, vou começar essa nova seção: Histórias de Improviso. Aqui, não garanto que vá ter alguma receita, mas vai render algumas lágrimas de emoção. HAHAHA

Tudo começou quando...
... eu fiz uma salada de grão-de-bico na semana passada. Fiz na panela de pressão, pouca água, muito sal. Depois que a salada já estava prontinha, com tomate, cebola, cenoura e beterraba raladas, cebolinha, eu percebi que o grão-de-bico estava muito salgado. Mas, assim, incomível. Eu nunca ponho muito sal nas coisas, morro de medo de deixar salgado, e nessas, a galera tira as minhas comidas de sem sal. Mas, convenhamos, antes sem sal, e você colocar mais sal se quiser, do que salgado demais, e você não ter o que fazer.
Mas não é bem assim. Sempre tem o que fazer. Pois então, peguei a salada, lavei - sim, lavei, pra tirar o excesso de limão e azeite - enchi de água, adicionei nessa gororoba umas rodelas de batata e taquei no microondas. Coloquei 15 minutos, sempre parando pra checar de 5 em 5.
Acontece que isso foi numa sexta. E de fim de semana aqui em casa minha mãe não faz comida, e todo mundo come o que tem, ou pede algo pronto ou come fora. Nada de usar o fogão, é tipo férias. Então resolvi pegar minha companheira Tupperware Cristalwave com tudo dentro, tampei e levei ao freezer. Sim. Então ela ficou lá o fim de semana inteiro, virando um iceberg, e apenas hoje fui resgatá-la.
Descongelei tudo no microondas de novo (no final das contas, pra que fogão, né, minha gente?), e ao ver que as batatas já estavam boas, bati tudo no liquidificador, com um pouco de curry e restos de um purê de abóbora que minha avó tinha feito no almoço. Bati bem. Nem precisou peneirar. Um pouco de pimenta, que eu adoro, e assim estava pronta a minha sopa de salada. E, olha... se eu contar a história dela ninguém acredita!

foto da sopa de salada assim que eu tomar coragem pra passar as fotos da câmera!

Nenhum comentário:

Postar um comentário