sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Massa para tortas de liquidificador sabor alho/cebola [vegan]

Acho que a melhor forma de fazer torta é usar massas super rápidas de liquidificador, né? Como eu tenho preguiça, odeio fazer aquelas massas demoradas que tem que sovar, descansar, acarinhar e conversar.
Já postei aqui uma massa de torta salgada de liquidificador. Hoje resolvi veganizar a receita e deixá-la mais saudável. Com algumas adaptações e incrementos, o resultado foi uma massa bem diferente e interessante, saborosa por si só, independente do recheio.

Ignore o buraco que fiz com o garfo ali.


Você vai precisar de:
1 xícara de farinha de trigo
1 xícara de aveia em flocos finos OU farelo de trigo
3 colheres de sopa de farinha de linhaça (usei farinha de chia e talvez o ideal sejam 2 colheres)
2 colheres de sopa de fermento em pó
1 cebola pequena OU 3 dentes de alho OU 2 colheres de sopa de alho frito (usei o último)
2 xícaras de chá de leite vegetal (usei o de soja em pó)
3/4 de xícara de chá de óleo
sal e orégano OU manjericão a gosto

Como proceder:
Antes de começar, hidrate a farinha de linhaça ou chia com meia xícara de água e unte a forma.
Bata tudo no liquidificador, inclusive a cebola ou o alho, começando pelos líquidos e pela farinha de linhaça/chia hidratada. Ajude o liquidificador mexendo com uma colher no cantos do copo (o meu que é fraquinho precisa!). Deixe o fermento por último, só quando perceber que a massa já está homogênea.
Espalhe 2/3 da massa na forma, coloque o recheio e cubra com o resto (isso porque o recheio afunda, e se a camada debaixo estiver muito fina o recheio fica no fundo e uma camada grossa de massa fica por cima).
Assar em forno médio por 30 minutos em média, mas faça o teste do palito e verifique a cor.

Obs.: como essa massa fica um pouco escura, fica difícil determinar o ponto certo apenas pelo "dourado" no forno. Então o teste do palito é imprescindível!
Obs.: essa receita rende o suficiente para uma torta redonda com 30cm de diâmetro.

*Dicas: você pode colocar meia medida de óleo e meia medida de azeite.
O meu recheio favorito é de palmito com creme ou berinjela, mas fique atento: se o recheio tiver muito caldo, você deve deixar a torta mais tempo no forno, pra não ficar mole por dentro.

------------------------- PS.: tente AO MÁXIMO tirar o líquido do recheio. A minha torta ficou parecendo uma sopa por dentro, pois o recheio, além de já estar úmido, tinha berinjela e cenoura, que soltaram mais água! Se for necessário, coloque o recheio numa peneira antes de adicionar na massa!

Um comentário:

  1. Após longa reflexão decidi que a melhor abordagem seria "Se eu cozinho, eu lavo?" Mas eu não vou falar isso só porque é 03:36.
    Boa sorte.

    ResponderExcluir